Consultoria de Ponto: veja os benefícios

A sua empresa está em constante crescimento e você precisa, a cada dia, organizar melhor os dados dos seus funcionários, controlar quem entra e quem sai e os horários em que esses movimentos acontecem. Afinal de contas, muitas custas trabalhistas já são pagas todos os meses e adicionar a isso o pagamento de hora extra sem comprovação é mais uma despesa.

Se você está enfrentando esse tipo de problema com os seus colaboradores, então a consultoria de ponto pode ser necessária.

A importância de acompanhar a folha de ponto

A folha ou livro de ponto é o documento pelo qual você consegue acompanhar as entradas e saídas de todas as pessoas dentro da sua empresa. Além de ser uma ótima forma de aumentar a segurança do ambiente, também evita diversos problemas trabalhistas em um momento futuro.

Por exemplo, um funcionário pode exigir um pagamento por conta de horas extras feitas, mas você tem como comprovar se isso aconteceu de fato ou não analisando a folha de ponto.

Assim, fica claro que que a folha de ponto é um documento essencial para resolver questões burocráticas e também reduzir problemas de inadimplência e faltas injustificadas dentro da empresa.

A falta de consultoria de ponto pode gerar problemas

Vamos pensar na seguinte situação. Você tem muitos empregados e eles se alternam em turnos. Uns começam a jornada às 08 da manhã e encerram às 16 horas e outros entram às 16 e saem às 22 horas. Ainda há também aquele segurança que fica na entrada e que trabalha das 22 às 06 da manhã.

Com tantos horários diferentes para tantos funcionários, é impensável não ter uma gestão ou um setor na empresa que tenha o controle sobre esses dados.

Há muitos problemas que a falta ou erros na consultoria de ponto podem trazer não só para o dono da empresa, mas também para os empregados:

Cumprimento de jornada diária

Como você poderá ter a certeza de que os funcionários estão cumprindo a carga horária estabelecida em contrato? Jornadas que excedam em 5 minutos por turno ou 10 minutos por dia já pode ser considerada hora extra.

Assim, se não ouvir uma boa gestão desses números, tanto a empresa quanto o funcionário podem sair prejudicados.

Intervalo entre jornadas

Em algumas situações, as empresas precisam acelerar a produção e, para isso, pagam horas extras para que os funcionários trabalhem por mais tempo. Mas é preciso ficar atento, pois entre duas jornadas de trabalho é exigido um período mínimo de descanso de 11 horas.

Cálculo de horas extras

Quando se tem poucos funcionários, é possível fazer o cálculo da hora extra sem grandes problemas, mas para aqueles que possuem um grande contingente na folha de pagamento, fica inviável fazê-lo por conta própria. É preciso calcular 50% a mais da hora extra e se o trabalho for realizado em feriados ou finais de semana, o valor da hora é 100% a mais.

Por que contratar uma consultoria de ponto

Todos esses cálculos que listamos acima precisam ser realizados com o máximo de cuidado. Assim, a melhor opção é ter um setor que cuide disso ou então, algo que pode custar menos para os bolsos da empresa é contratar um serviço terceirizado.

A vantagem é que, caso você precise de um outro serviço na área, eles poderão oferecer e por um preço menor. Além disso, é muito melhor saber que um trabalho como esse, que exige o máximo de atenção, está sendo feito por mais de uma pessoa.

A sua empresa está precisando de uma consultoria de ponto? Então, entre em contato com a gente e tire as suas dúvidas!


Solicite Orçamento

Tire todas as dúvidas sobre a lei da terceirização

Ainda não existia no Brasil uma lei da terceirização, e o tema é tratado muito pela jurisprudência, sendo uma questão bastante polêmica dentro e fora das empresas.

Para muitos sindicatos e trabalhadores, ela acaba prejudicando não apenas os valores dos salários, como também o cumprimento das leis trabalhistas. A terceirização, até agora, só era permitida pela legislação com diversas restrições, sendo a principal delas sua proibição nas atividades-fim.

No último mês de março, no entanto, foi aprovado na Câmara dos Deputados um projeto de lei que possibilita a terceirização irrestrita de trabalhadores, tanto em empresas privadas quanto no setor público.  

O PL 4330/2004, que tramitava há 19 anos, traz uma série de mudanças com relação ao regime de contratação de terceirizados, gerando muita discussão em torno do tema. Para entender mais o que diz o PL e de que maneira ele pode impactar trabalhadores e empresas, vale a pena conferir o post de hoje!

O que é e como funciona o regime de terceirização

Na terceirização, uma empresa prestadora de serviços é contratada por outra empresa, chamada de tomadora de serviços, com o objetivo de realizar atividades específicas, que não estejam ligadas à sua atividade-fim.

Assim, uma empresa prestadora de serviços, por exemplo, não pode subcontratar os serviços de advogados para um escritório de advocacia. Da mesma maneira, um supermercado não pode subcontratar seus caixas.

Na relação entre o empregado subcontratado e a empresa tomadora de serviços não podia existir subordinação direta nem pessoalidade, para não ficar caracterizado o vínculo empregatício.

O Tribunal Superior do Trabalho (TST), por meio da Súmula 331, firmou todas as diretrizes acerca da terceirização, vedando especialmente a terceirização das atividades-fim de um negócio.

O PL versus a jurisprudência

O PL 4330/2004 trouxe uma série de novidades com relação ao regime de terceirização. Além de possibilitar a terceirização irrestrita, ou seja, para qualquer atividade, permite a contratação de empregados temporários por até nove meses, além de determinar a responsabilidade subsidiária da empresa tomadora de serviços.

Esse é outro ponto importante, já que, atualmente, caso existam débitos trabalhistas ou previdenciários, tanto a empresa contratante quanto a empresa tomadora de serviços respondem solidariamente pelo pagamento das verbas previstas na lei.

Agora, com o PL, a empresa tomadora de serviços somente será acionada pela Justiça do Trabalho caso a empresa contratante não tenha como assumir a dívida.

As empresas que terceirizam funcionários também precisarão contar com um capital social mínimo, que será de R$ 10 mil para empresas com até 10 funcionários, e de R$ 250 mil para empresas com até 100 trabalhadores.

O projeto de lei da terceirização passou pela sanção do Presidente, que o aprovou, convertendo-o em lei.

Inúmeras discussões em torno dessa lei estão sendo realizadas e envolvem parlamentares e a sociedade civil. Para muitos, ela representa um retrocesso e poderá ter impactos negativos na reforma trabalhista, que também está tramitando junto ao Congresso.

Você já conhecia a lei da terceirização? Já sabia sobre as alterações que estão por vir? Então, que tal compartilhar este conteúdo em suas redes sociais?

Crise? Veja como contratar uma consultoria e ajudar a empresa a crescer

Em algum momento de sua atuação, uma empresa pode enfrentar problemas que colocam em risco sua produtividade e os resultados alcançados no final do ano. Tentar solucionar esses problemas internamente pode parecer uma solução, mas, na grande maioria das vezes, é pouco eficiente para quem precisa crescer rapidamente.

Contratar uma consultoria pode ser uma opção muito interessante para colocar a sua empresa de volta ao caminho do sucesso. Entretanto, muitas companhias ainda se sentem inseguras em fazer investimentos nesse tipo de serviço, especialmente em tempos de crise econômica.

No post de hoje mostraremos como contratar uma consultoria pode ser a solução que você estava procurando para o seu negócio. Confira!

Visão externa do problema

Muitas vezes, espera-se que pessoas diretamente relacionadas à empresa sejam capazes de fazer a melhor avaliação sobre o que deve ser feito para sair dessa condição. Mas a verdade é que ninguém consegue perceber melhor as falhas internas do que alguém de fora, com experiência e discernimento.

E esse é o papel do consultor! Esse profissional analisa todos os fatores relacionados ao problema em questão, com uma visão completamente diferente de quem está envolvido nele. Dessa maneira, consegue apontar situações que ninguém havia percebido, oferecendo soluções que não tinham sido ainda propostas e nem mesmo pensadas.

Neutralidade de atuação

Quando os profissionais e colaboradores da empresa têm uma ligação forte, ou até mesmo afetiva, com o local onde trabalham, encontrar soluções objetivas para os problemas pode ser mais difícil. O consultor atua, nessas situações, como um colaborador neutro na empresa, capaz de sugerir e tomar decisões sem levar em conta vínculos emocionais ou profissionais com a instituição, racionalizando, assim, a solução do problema.

Investimento de rápido retorno

Uma das grandes falhas de empresas que insistem em não contratar uma consultoria para solucionar seus problemas é pensar nesse serviço como um custo a mais para elas. A consultoria jamais deve ser vista como um custo, mas sim como um investimento para o seu negócio! O resultado poderá ser rapidamente notado em produtividade e, consequentemente, em maior lucro para a sua empresa.

Prazos bem definidos

Imagine um profissional capaz de garantir o cumprimento de prazos, tendo foco total nas atividades desenvolvidas para solucionar um problema. Esse profissional é o consultor, que conseguirá garantir essa eficiência nos projetos executados. Ele estará dedicado exclusivamente em buscar soluções para os problemas encontrados na sua empresa.

Outra grande vantagem de se contratar uma consultoria é que você sempre terá um profissional disponível e pronto para atendimento exclusivo, garantindo o suporte necessário em toda a execução do projeto.

Contratar uma consultoria em tempos de crise pode ajudar a solucionar problemas que estão impedindo a sua empresa de crescer. Para muitos, essa pode parecer, inicialmente, uma decisão arriscada. No entanto, o consultor é um profissional é capaz de oferecer uma grande oportunidade de crescimento, resolvendo problemas que possam estar barrando resultados positivos para a sua empresa com rapidez e eficiência.

Conheça a Consultoria de Ponto da Info Kings:


Como uma consultoria pode diminuir custos na sua empresa

Quando o assunto é mercado, a única certeza que temos é que ele está em constante transformação. Atualmente, o país passa por um período de recessão e, por isso, é importante implementar práticas que diminuam custos ou que aumentem a efetividade da empresa como uma consultoria.

Para isso, uma gestão empresarial bem alinhada é fundamental e uma nova perspectiva pode ser uma boa solução. É neste momento que entra a figura do consultor. Alguns problemas administrativos são mais facilmente identificados por alguém que não está envolvido nos processos diários, isto é, um profissional que possui uma visão neutra.

Mas, quais benefícios uma consultoria de gestão pode proporcionar a você? Listamos 7 deles que ajudam a diminuir custos da empresa. Vamos lá?

Neutralidade

Não estar envolvido com as atividades diárias da instituição pode ser uma vantagem. O consultor não avalia a situação a partir de um olhar enviesado. Sua perspectiva é baseada em sua experiência de negócios.

Por não fazer parte do quadro de profissionais da empresa, ele não está preocupado em ocupar cargos mais altos e não se envolve nas rixas internas, que, muitas vezes, diminuem o rendimento profissional. Ele atua por um determinado período focado unicamente nos resultados.

Foco

Ao contratar um serviço de consultoria, o prazo para o projeto é definido. Nestes casos, a demanda costuma ser pontual. Isso proporciona agilidade nas ações de gestão da empresa.

Além disso, por não possuir um longo vínculo com a empresa, o consultor não tem os “vícios” da equipe. Esta postura proporciona um diagnóstico de problemas mais rápido e mais focado.

Disponibilidade

Por ser um trabalho com tempo determinado, o consultor, geralmente, trabalha com exclusividade. Isso quer dizer que ele se dedica apenas a aquela demanda. Por esse motivo, seus esforços são direcionados para a sua empresa.

Assim, o trabalho de consultoria é objetivo, o que o torna o escopo claro. Isso facilita o controle dos processos e dos resultados, ao passo que garante o sucesso das atividades.

Renovação

O consultor traz uma bagagem de aprendizado de outras empresas para as quais prestou algum serviço. Seus conhecimentos adquiridos e seus novos pontos de vista proporcionam uma renovação em conceitos internos. É mostrar o que pode funcionar em sua empresa a partir de vivências em outros projetos.

Com um novo integrante na equipe, ainda que por um período definido, o estímulo aos demais profissionais é renovado. Além disso, a consultoria proporciona a todos uma motivação extra, já que busca resultados imediatos.

Economia

Na maioria dos casos, contratar um consultor sai mais barato do que incluir um especialista no seu quadro de funcionários. O investimento é pontual e os resultados são estabelecidos no momento da contratação do serviço. Assim, o diagnóstico é apresentado em um curto prazo.

Racionalidade

Em um ambiente corporativo, os bens mais valiosos são as relação interpessoais. No entanto, por estarem atrelados às emoções dos profissionais, estes relacionamentos podem influenciar algum tipo de decisão.

Precisa diminuir custos? Determinado colaborador não apresenta o rendimento desejado? Este profissional é mais próximo da chefia?

Nesse cenário, o consultor pode representar a peça racional da empresa. Isso é fundamental para que as decisões difíceis sejam encaradas de forma objetiva.

Relacionamento

Por outro lado, o consultor pode servir como um mediador. Por estar focado na solução de problemas, o profissional de consultoria pode se apresentar como um porta-voz, mesmo que temporariamente.

Ele pode promover diversos pontos de diálogo entre áreas que nem sempre se mantiveram próximas. Esta prática pode gerar a otimização de alguns processos, impactando os resultados da sua empresa.

Os benefícios da consultoria são inúmeros e todos eles diminuem os custos da sua empresa. Mas, para que o trabalho funcione, é preciso estabelecer uma relação de confiança entre consultor e cliente. Além disso, a empresa precisa estar aberta a analisar o diagnóstico e a aplicar as mudanças.

Converse com um de nossos consultores e veja as vantagens de adquirir uma Consultoria de Ponto!

E aí? Gostou do nosso post? Conta pra gente aqui nos comentários se você já contratou serviços de consultoria. Quer saber mais sobre o assunto ou falar com um profissional da área? Clique aqui!