Hoje em dia, uma grande preocupação dos gestores ou diretores de escolas particulares não é conseguir novas matrículas, mas, sim, aumentar a retenção de alunos nas escolas. Claro que novos alunos são sempre bem-vindos, mas de nada adianta ter um grande número de matrículas, se a evasão também for grande.

Além de fatores econômicos, como a crise financeira, muitos alunos deixam as escolas simplesmente pelo fato de encontrarem concorrentes com opções mais atraentes. No caso de escolas infantis, a atenção deve ser ainda maior, pois dois públicos com opiniões distintas devem ser trabalhados: os próprios alunos e os seus pais.

Baseado nisso tudo, separamos quatro dicas para aumentar a retenção de alunos na escola em que você gerencia. Confira!

Invista no monitoramento da frequência escolar

Uma das maiores preocupações dos pais é saber se seus filhos estão realmente frequentando as aulas. Para sanar essa preocupação, a escola pode investir em um sistema de monitoramento da frequência escolar.

Atualmente, existem programas em que os pais podem receber mensagens por SMS toda vez que o filho entrar e sair da escola, que exige que o aluno passe uma carteirinha ou coloque suas impressões digitais toda vez que passar pela portaria da instituição.

IKAcesso Escola – Conheça o software de controle de acesso para instituições de ensino!

Pratique marketing de relacionamento

Possuir boas instalações e professores altamente qualificados já não é suficiente para que os alunos permaneçam matriculados em uma escola. É necessário ir além e investir em marketing de relacionamento.

É preciso desenvolver táticas que podem ir desde eventos estratégicos até ações em ambientes virtuais, como nas mídias sociais, por exemplo. Para o desenvolvimento de tais ações, a escola pode ter seu próprio departamento de publicidade e relações públicas ou, então, terceirizar o serviço com uma agencia especializada.

Quanto mais engajado o aluno estiver com a instituição, menor será seu interesse em migrar para outra escola.

Disponha de profissionais especializados

Muitas vezes, um aluno tem notas baixas em uma determinada disciplina não apenas por desinteresse. Uma série de fatores podem desencadear as dificuldades acadêmicas. O aluno pode ter passado por algum problema emocional ou, até mesmo, ter algum problema de saúde, como o déficit de atenção.

É por isso que a escola precisa investir em acompanhamento profissional em áreas que vão além da educação apenas. Psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos, médicos, entre outros profissionais podem fazer parte do quadro de funcionários da escola, com o intuito de acompanhar diversos fatores que possam influenciar a vida acadêmica dos alunos.

Esses profissionais são peças chave para os programas de orientação, que podem ser um grande diferencial para que um pai decida se seu filho permanecerá ou não em uma determinada escola.

Treine toda a equipe da escola

Além de todos esses diferenciais para aumentar a permanência de alunos, a comunicação deve sempre ser tratada como prioridade na escola. Toda a equipe, como professores, porteiros, serventes, cozinheiros, entre outros funcionários, deve estar preparada para responder questionamentos, ouvir reclamações ou sanar dúvidas dos pais.

Seguindo essas dicas e tendo uma relação com alunos e pais baseada na transparência, certamente, haverá um aumento na retenção de alunos em sua escola.

Se você gostou dessas informações e deseja receber mais dicas como essas, curta nossa página do facebook!

Um comentário em “Saiba como aumentar a retenção de alunos nas escolas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *