Entenda as principais formas de controle de acesso de pessoas

Com o avanço tecnológico foi possível a criação de equipamentos capazes de cumprir papéis de segurança para estabelecimentos comerciais, empresariais e residenciais. Estes equipamentos realizam função de controle de acesso de pessoas, evitando a passagem de pessoas não autorizadas ao seu comércio, empresa ou residência.

Sendo assim, nos dias atuais é muito comum o investimento nesses equipamentos com intuito de garantir cada vez mais a segurança da família, funcionários ou dos clientes. Neste post vamos falar sobre o controle de acesso de pessoas e os seus tipos. Continue lendo e confira!

Controle de acesso de pessoas

O controle de acesso de pessoas é o método mais eficiente de garantir a segurança da sua residência ou empresa. Trata-se de permitir a passagem a áreas restritas apenas para as pessoas autorizadas. Caso contrário, as pessoas serão barradas ao tentar adentrar.

Para a realização deste controle é recomendável a utilização de equipamentos com tecnologias de ponta, tais como catracas e painéis de controle de acesso, mas pode também ser realizado por meios mecânicos ou por pessoas.

Controle de acesso realizado por pessoas

Esse tipo de controle de acesso é aquele realizado por pessoas, pode ser um segurança, guarda, recepcionista, entre outros. É o sistema de controle de acesso mais antiquado e apresenta alguns problemas, como por exemplo o descuido do responsável do controle; áreas com muitos pontos cegos; suborno do vigia e etc. Para solucionar alguns desses problemas foi criado o sistema de controle de ronda, que com a ajuda de um software, pode administrar se as rondas estão sendo realizadas de forma correta, e corrigi-las caso não esteja dentro das exigências.

Controle de acesso mecânico

Esse é o tipo de controlador de acesso não eletrônico, ou seja, utiliza da mecânica para permitir o acesso à área restrita. Os tipos de equipamentos de controle de acesso mecânico mais comuns são: chaves; cadeados; fechaduras e catracas mecânicas.

Também é um sistema antiquado e apresenta baixa eficiência contra delitos, como por exemplo invasões e arrombamento, e é por isso que esse tipo de sistema geralmente utiliza de artifícios complementares, como um sistema de alarme.

Controle de acesso eletrônico

É o sistema de acesso mais abrangente e tecnológico. Pode utilizar de tecnologias como cartões magnéticos até a leitura da íris, e é de grande dificuldade para ser burlado, já que cada indivíduo tem sua identificação única, como por exemplo em empresas que apenas quem possui o cartão magnético registrado ao sistema poderá adentrar.

Os controles de acesso utilizando sensores biométricos são os mais caros, porém de maior confiabilidade. Eles trabalham com leitura da digital e/ou leitura da íris, ou reconhecimento facial. Os equipamentos que vão permitir ou restringir a entrada do indivíduo poderão ser fechaduras eletrônicas com painéis de controle e catracas eletrônicas.

Investir em sistemas de controle de acesso, além de garantir a segurança das pessoas que moram ou trabalham no ambiente respectivo, significa também estar investindo para manter os bens da empresa, agregando ainda mais valor aos seus produtos e negócios.

Gostou do post e está disposto a implantar um sistema de controle de acesso de pessoas a sua empresa ou residência? Solicite orçamento e faremos uma avaliação gratuita!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"