Como saber quem está entrando e saindo em meu estabelecimento

Em 2016, um dado divulgado pela Revista Istoé preocupou os brasileiros: de acordo com a pesquisa pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) o número de assaltos no Brasil é o dobro da média mundial. Em 2017, uma ONG americana fez uma lista dos países mais inseguros do mundo com base em pesquisas e o Brasil ficou em 11ª posição entre mais de 130 países.

Diante desse cenário, é preciso ter o máximo de cuidado e estar muito bem protegido, especialmente se você coordena um local no qual há um grande fluxo de pessoas.

Comércios, indústrias, escolas e condomínios são locais em que muitas pessoas entram e saem constantemente. Ter o máximo de controle de acesso nesses lugares é fundamental para aumentar a segurança de todo.

Para ter esse controle, você pode tomar algumas providências. Existem diversas tecnologias que podem ajudá-lo nessa importante missão.

Por que usar tecnologias de controle de acesso?

Além de oferecer maior segurança, controlar quem sai e quem entra no estabelecimento oferece outras vantagens. Por exemplo, os setores ficam mais organizados, permitindo que apenas pessoas autorizadas entrem em um determinado local. Também é uma forma de seguir a regulamentação de alguns ambientes que possuem lotação máxima como teatros e outros.

Um controle de acesso também ajuda na redução de custos com serviços terceirizados de segurança. Você pode até contratar algumas pessoas por precaução, mas, sem dúvidas, o custo será muito menor. Além da identificação de uma pessoa caso ela quebre um item na loja ou danifique algo no ambiente.

Quais controles de acesso utilizar?

Câmeras

As câmeras já são amplamente utilizadas pelos comerciantes, colégios, indústrias e demais departamentos. E nem precisa ser pessoa jurídica para se preocupar com a segurança. Muitas residências possuem câmeras externas algo que ajuda a inibir os assaltantes. É importante que, além da instalação, você tenha um software capaz de armazenar um tamanho significativo de imagens.

Leitor de cartões

É uma tecnologia interessante para determinados setores. Por exemplo, áreas restritas a algumas pessoas do setor administrativo ou mesmo academias. O software instalado faz a leitura no código de barras e libera a catraca para alguém previamente cadastrado e autorizado. Para locais com muitas pessoas, um leitor por proximidade ajuda a evitar filas.

Leitor biométrico

A biometria é uma das formas mais seguras de controlar o acesso de pessoas em estabelecimentos. Por exemplo, em condomínios e bancos é uma ótima opção. Por exemplo, o cofre de um banco só pode ser aberto pela leitura de algumas digitais previamente cadastradas. O software pode registrar quando aquela pessoa saiu e quando voltou.

O que levar em consideração na hora de escolher o tipo de controle de acesso?

O mais importante é que a tecnologia possa se adaptar facilmente ao seu tipo de empresa. Além disso, é interessante que ela possa oferecer relatórios, muito úteis, por exemplo, para saber a que horas um aluno saiu da escola ou do cursinho e quando ele retornou. Também deve ser capaz de armazenar uma quantidade de cadastros compatíveis com a sua necessidade.

Quer receber mais dicas para aumentar a segurança do seu estabelecimento? Entre em contato conosco!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"