Você tem uma empresa na qual muitos funcionários são admitidos e demitidos rapidamente. A rotatividade de empregados é muito grande. Isso também é chamado de turnover e costuma trazer muitos prejuízos para a empresa.

É claro que, quanto o colaborador não é bem o que o seu negócio precisa, a saída dele abre vaga para alguém que esteja mais de acordo com as suas necessidades. Porém, perder um bom funcionário pode ser bem ruim.

Vamos ver agora o que é turnover de forma mais aprofundada e como resolver esse problema da melhor forma possível.

O que é turnover?

O turnover não é apenas admissão e demissão de funcionários. Falamos em turnover quando isso acontece de forma frequente, ou seja, há a contratação e o desligamento de empregados de maneira sucessiva.

Isso pode acontecer por diversos motivos. Os mais comuns são baixa remuneração, insatisfação no ambiente de trabalho, não há oportunidade de crescimento, clima organizacional ruim, entre outros. O problema também pode vir da base, ou seja, do momento da contratação. Pode ocorrer, por exemplo, um erro de comunicação com o RH e o recrutamento e seleção não utilizou os critérios mais adequados.

O grande problema gerado pelo turnover e o aumento de custos que isso tem para a empresa. Contratar uma pessoa que não se encaixa no perfil da vaga pode atrasar o trabalho de uma equipe inteira, gerando prejuízos. Além disso, você terá mais custos com processos de treinamento de funcionários, recrutamento e seleção.

Como saber se o turnover da minha empresa está alto?

Existe um parâmetro que as empresas devem seguir para saber se estão com o problema de turnover ou não. Saber esse valor é essencial para entender um pouco mais sobre o desempenho do negócio. O cálculo é realizado da seguinte maneira:

Turnover em % = funcionários que saíram da empresa/total de funcionários no mesmo período x 100

Vamos para a parte prática e mostrar um exemplo. Digamos que em um determinado ano, uma empresa contava com 200 funcionários e houveram 30 desligamentos. Aplicando a fórmula teremos o índice de turnover em 15%. O ideal é que o percentual não ultrapasse 5%, porém, essa taxa pode variar de um nicho para outro.

Como resolver o problema de turnover?

Comece pelo RH

Antes de iniciar um recrutamento e seleção de novos funcionários, verifique se o RH ou a terceirizada responsável recebeu as informações corretas. Um erro nesse processo pode colocar tudo a perder e aumentar as taxas de turnover.

Ofereça jornada de trabalho flexível

É cada vez mais comum ver empresas que não “prendem” o funcionário 40 horas por semana dentro de um escritório. Ele recebe uma meta e tem total liberdade para cumpri-la dentro do tempo estipulado. Muitas vezes, eles cumprem antes do combinado para ter dias livres depois. Esse tipo de trabalho também consegue chamar a atenção de grandes talentos.

Crie uma política de benefícios

Oferecer uma remuneração adequada para os colaboradores é um dos passos para reduzir o turnover. Além disso, eles precisam se sentir valorizados e motivados constantemente. Ofereça benefícios inovadores e pense que muitos deles podem ser excelentes para a sua empresa.

Por exemplo, firmar uma parceria com uma boa academia e oferecer descontos para os funcionários é uma forma de investir na saúde deles e evitar faltas por motivo de doença. Então, os benefícios não são apenas para eles, mas também para o seu negócio.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *