Como fazer uma negociação ganha-ganha com seus fornecedores?

Quem possui restaurante e tem por hábito estar a frente de todas as decisões, sabe que não é exatamente simples conseguir estabelecer relações de confiança, especialmente com os fornecedores. Apesar de buscar uma negociação ganha-ganha, às vezes, as condições de satisfação dos envolvidos fogem do controle.

Se você reconhece que essa é uma situação bastante frequente no seu negócio, saiba que esse conteúdo foi elaborado especialmente ajudá-lo a realizar uma negociação na qual você e seus fornecedores saiam ganhando.

Mas antes de qualquer coisa, é preciso entender o que é uma negociação ganha-ganha. Vamos lá?

Negociação ganha-ganha

A negociação ganha-ganha é o tipo de acordo comercial em que tanto você quanto seus fornecedores saem ganhando. Difícil de imaginar?

Suponha que você precisa fazer um pedido de mercadoria que vai suprir as suas demandas da semana. No entanto, você só precisa de um prazo estendido para pagar o fornecedor, ou seja, precisa de tempo para receber dos seus clientes e poder quitar as suas despesas.

Nesse caso, o seu fornecedor não acha que isso faria com que ele saísse ganhando da negociação, afinal, você só conseguirá pagá-lo ao final do mês. No entanto, você ainda terá que comprar mercadorias para as semanas seguintes e, assim, propõe que ele lhe ofereça o prazo necessitado em troca da sua fidelidade pelas próximas semanas.

O fornecedor ganha por conseguir vender um volume maior de suprimentos para você e você ganha por conseguir o prazo que necessita para pagá-lo.

Como a negociação deve ser estabelecida

Para que uma relação ganha-ganha seja estabelecida com seus fornecedores, é preciso estar atento a alguns pontos no momento da negociação:

  • Você é responsável por expor as suas necessidades e deixar claro como os fornecedores poderão satisfazê-las;

  • Planeje a negociação, conheça os aspectos essenciais, tanto para você quanto para os fornecedores, e não fuja do foco;

  • Defina uma equipe influente para estabelecer uma relação ganha-ganha com seus fornecedores;

  • Determine regras para realizar a escolha dos fornecedores, elabore um checklist com os critérios básicos que devem ser atendidos;

  • Respeite as condições de negociação dos seus fornecedores e lembre-se de que você também pode (e deve) fazer concessões.

Qual a sua importância

Se você entende a negociação ganha-ganha como uma visão muito romântica a respeito da relação com os seus fornecedores, saiba que vai muito além disso. Os benefícios são reais, palpáveis e muito relevantes para a empresa.

A menos que você consiga assumir toda a cadeia produtiva pela qual o seu negócio está cercado, os fornecedores são indispensáveis para que a empresa continue atuando.

Apesar de existirem inúmeros fornecedores, apenas parte deles estará adequada ao seu padrão de qualidade. É por isso que é tão importante preservar as relações a médio e longo prazo com aqueles fornecedores que conseguem atender às suas expectativas no que diz respeito à qualidade dos produtos.

Lembre-se de que a negociação ganha-ganha é a chave de entrada para uma relação de parceria com os seus fornecedores e o seu produto é uma extensão dos insumos que você está adquirindo. Por isso, certifique-se de negociar com os melhores fornecedores.

E então, gostou do conteúdo? Agora que você já sabe como fazer uma negociação ganha-ganha com seus fornecedores e conhece a importância que isso tem, que tal descobrir como continuar crescendo com seu negócio? Confira nossas 4 dicas para crescer na crise!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"