Como economizar na reforma do prédio?

Muitas pessoas perdem até o sono quando pensam em realizar reformas, pois causam sujeira e podem atrapalhar a mobilidade dos moradores, além de gerarem altos custos agregados, certo? Apesar disso, ao seguir pequenas etapas ― simples, mas essenciais ―, é possível economizar na reforma do prédio. Assim, se você precisa fazer reparos no prédio ou no condomínio, fique calmo! Com nossas dicas, poupar vai ser moleza. Continue acompanhando e confira como!

Comece elaborando um projeto

O primeiro passo é pensar sobre o projeto a ser executado. Parece óbvio, mas essa etapa nem sempre é cumprida e, acredite, um bom projeto arquitetônico ajudará ― e muito! ― na hora de definir as suas metas e economizar na reforma do prédio.

É fundamental ter todos os processos definidos para que você não perca o controle de nada. Com essa ferramenta, sua reforma já terá começado com o pé direito.

Faça um planejamento consistente

Após a definição do projeto, é hora de executar o planejamento. Trace cada etapa e estipule tudo muito detalhadamente, evitando imprevistos que possam levar seus gastos às alturas.

No cronograma, coloque a sequência de todos os passos e também leve em consideração possíveis atrasos, como aqueles ocasionados por fatores climáticos. Dessa forma, você conseguirá controlar bem melhor o tempo da obra e quanto gastará, não sendo necessário investir mais dinheiro com imprevistos ou contratar outros funcionários, caso a obra comece a atrasar.

Além do mais, ao elaborar um planejamento consistente, você também economizará na compra dos materiais, pois poderá saber exatamente o que vai usar e em qual quantidade.

Pesquise bem os materiais

Como dissemos, todos os materiais necessários deverão ser definidos na hora do planejamento. A ideia é ter um controle rígido do que será comprado, evitando, assim, desperdícios ou complementações de cada item.

Com toda a lista em mãos, pesquise bem sobre os produtos a serem adquiridos. Analise a qualidade deles e solicite orçamento em diversas empresas, sempre buscando as melhores condições para poder economizar na reforma do prédio.

Negocie boas formas de pagamento

Após todo o trabalho de pesquisa dos materiais, já tendo encontrado o melhor fornecedor, é hora de ir às compras. Pague sempre à vista: assim, será possível negociar maiores descontos, como 5% e 10%, dependendo do local, o que representa grande economia. Esse desconto pode ser até maior, dependendo da variedade e quantidade dos materiais adquiridos.

Da mesma forma, é possível economizar muito ao se comprar materiais em promoção. Procure se informar sobre itens em desconto e analise se a compra será um bom investimento.

Reutilize materiais para garantir a economia na reforma do prédio

A reutilização de materiais é uma forma muito útil de diminuir custos e economizar na reforma do prédio. Converse com seu engenheiro ou arquiteto para descobrir se há itens que possam ser reaproveitados.

Há muitos objetos que podem ser transferidos de um local para outro, como tubos, revestimentos, portas, janelas, entre outros. Por isso, é essencial sempre contar com profissionais qualificados e de confiança.

Para finalizar, é importante ressaltarmos que é fundamental priorizar a segurança e a qualidade do trabalho. Economizar na reforma do prédio nunca deve ser o objetivo principal, uma vez que segurança também é investimento.

Ficou alguma dúvida sobre o tema? Conhece outros pontos de economia que não comentamos aqui? Deixe um comentário e compartilhe com a gente!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"