3 estratégias de segurança fundamentais para implantar em escolas

Na hora de escolher uma nova escola para seus filhos, uma das principais preocupações dos pais é a garantia de que eles estarão em um local seguro. Por isso, investir em estratégias de segurança deixou de ser considerado um luxo há bastante tempo. 

A criança e o adolescente não precisam – e nem podem – ficar trancados, viver em meio a grades e cadeados. Mas é cada vez mais necessário ficar atento ao que foge da rotina escolar, para que assim seja possível garantir a segurança dos alunos.

O mercado tem apresentado uma série de soluções inovadoras para atender a essa necessidade dos pais e dos donos de escolas. Por isso, este artigo irá mostrar 3 estratégias de segurança fundamentais para implantar na escola.

Câmeras de segurança

As câmeras de segurança são uma medida que ainda encontra dificuldades em se estabelecer. Muitos acham que é uma invasão de privacidade, porém no ambiente escolar ela é essencial, pois são vários alunos de diferentes meios convivendo juntos.

As câmeras podem ser instaladas nos pátios escolares, onde há uma grande movimentação dos estudantes e, consequentemente, uma mistura de períodos também. Mas nem todas as escolas, claro, misturam os alunos mais velhos e os mais novos no recreio.

É importante que todas as câmeras fiquem expostas e que os alunos, pais e funcionários estejam cientes do uso das câmeras.

Guardas vigilantes

Os guardas vigilantes podem ajudar nos períodos de maior movimentação. Pense no guarda como um auxiliar na hora da liberação dos estudantes. É ele quem irá entregar seus filhos sãos e salvos, diretamente em suas mãos. Ele também pode ajudar a conter alguma confusão no final das aulas, pois é uma das horas em que os estudantes ficam mais agitados.

Além disso, entre os guardas vigilantes pode ser feito um sistema de ronda, de forma que um deles transite regularmente por corredores e áreas externas da escola.

Identificação de funcionários e estudantes

Em escolas maiores, o fluxo é contínuo, pessoas vêm e vão de todos os recintos do local. Dessa forma, é preciso pensar em um sistema de controle e identificação dos funcionários e estudantes.

Existem os sistemas tradicionais de controle, como o uso de crachá, carteirinha ou cartões. Entretanto, um sistema integrado de controle de acesso escolar biométrico é menos suscetível a falhas, oferecendo maior segurança. É de extrema importância que a instituição tenha total conhecimento sobre a movimentação das pessoas. 

Se você ainda tem dúvidas ou inseguranças sobre essas medidas, é interessante procurar um especialista no assunto. Ele pode te ajudar com a análise da escola e tirar suas dúvidas. Profissionais capacitados devem te auxiliar a entender os benéficos da implementação dessas medidas em qualquer instituição.

Nossas estratégias de segurança são dicas preventivas, que podem ser utilizadas em qualquer estabelecimento de ensino. Mantenha um diálogo aberto sobre elas, modifique-as se preciso. Mas lembre-se que elas são um benefício e menos uma preocupação, tanto da instituição, quanto dos pais, que sabem que seus filhos estão em segurança.

Controle de frequencia escolar

Quer implantar essas estratégias de segurança na escola? Deixe um comentário para sabermos o que você achou!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"